terça-feira , 23 Janeiro 2018
Home / Destaque / Segundo levantamento da ANP Varginha tem, na média, a gasolina mais barata da região

Segundo levantamento da ANP Varginha tem, na média, a gasolina mais barata da região

Na média, o preço da gasolina praticado nos postos de Varginha são os mais baratos da região. Pesquisa da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis, realizada dia 3 e divulgada terça-feira (9), mostra que o preço médio do país é de R$ 4,15.

A pesquisa em Varginha feita pela agência, naturalmente, não está computando a queda de 1,60% determinada pela Petrobrás no mesmo dia que os dados da ANP foram divulgados.

Em Varginha foram consultados 11 postos de combustíveis. Destes, o preço mais baixo registrado foi R$ 3,89, e o mais alto, R$ 4,49. A média auferida foi de R$ 4,17, um pouco acima da média nacional, no entanto, a mais baixa da região, dentre as cidades pesquisadas pela ANP.

Para o diretor regional do Minaspetro, Leandro Lobo Motteran, entidade que reúne proprietários de postos de Minas Gerais, os preços estão estáveis. “Os preços oscilam toda semana, mas na média, desde o início do ano, os preços estão estáveis”, disse o proprietário do Posto Líder.

Região

Dentre as 11 cidades em que a ANP pesquisa periodicamente preços dos combustíveis, Varginha tem, em média, a gasolina mais barata, R$ 4,17. Na outra ponta, Três Corações, tem a mais cara, R$ 4,56.

Dentre as maiores cidades do Sul de Minas, sem contar Varginha, Poços de Caldas tem média de R$ 4,33 e Pouso Alegre, R$ 4,37.

Os preços médios pesquisados pela ANP no Sul de Minas, no início do ano, são os seguintes:

-Alfenas: R$ 4,39

-Campo Belo: 4,44

-Guaxupé: 4,25

-Itajubá: 4,34

-Lavras: 4,37

-Passos: 4,39

-Poços de Caldas: 4,33

-Pouso Alegre: 4,37

-São Sebastião do Paraíso: 4,41

-Três Corações: 4,56

-Varginha: 4,17.

Sobre Redação

Veja Também

Professores de canto e instrumentos têm até quinta-feira (25) para se inscrever no Conservatório de Varginha

Os interessados em participar da designação para Professores Regentes de Aulas dos componentes curriculares teóricos ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *