Home / Regional / Governo de Minas Gerais entrega 14ª edição do Concurso de Qualidade dos Cafés mineiros

Governo de Minas Gerais entrega 14ª edição do Concurso de Qualidade dos Cafés mineiros

O secretário de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Pedro Leitão, participou nesta segunda-feira (4/12), no Palácio Tiradentes, em Belo Horizonte, da solenidade de encerramento da 14ª edição do Concurso de Qualidade dos Cafés de Minas Gerais. Ele representou o governador Fernando Pimentel, que se reuniu com os ministros das Cidades, Alexandre Baldy, e da Integração Nacional, Helder Barbalho, para discutir a situação dos municípios mineiros mais atingidos pelas chuvas dos últimos dias.

Este é o maior concurso do país e, neste ano, recebeu 2.060 inscrições, o maior número da história do certame.  Ao longo do processo, os jurados provaram mais de 24,6 mil xícaras da bebida e selecionaram 33 finalistas, divididos em duas categorias: Café Natural e Café Cereja Descascado, Despolpado ou Desmucilado. Em discurso, o secretário Pedro Leitão afirmou que, apesar da crise financeira no Estado e no país, a agropecuária e a cafeicultura estão ajudando no desenvolvimento do Estado.

“Hoje é um dia de festa, de celebração. A cafeicultura dá uma resposta ao Estado e ao Brasil. Através da política pública, Minas está avançando no café, dando mais oportunidades e renda para o trabalhador. O governador Fernando Pimentel tem grande carinho pela cafeicultura e é um grande incentivador, assim como todo o seu governo”, disse, reforçando ainda a tradição e “qualidade imponente” do café mineiro.

O presidente da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG), Glênio Martins, destacou que, mais do que a entrega dessa premiação, a empresa tem se preocupado em investir na produção do café mineiro. “Temos o certificado do café mineiro, investimos na qualidade. Por isso, acredito que a Emater é o maior patrimônio público do agricultor familiar. A cafeicultura mineira segue forte, disputando mercados internacionais”, garantiu. O concurso é um dos pilares do Certifica Minas Café, o maior programa de certificação de propriedades cafeeiras do Brasil, realizado pela Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), a Emater-MG e o Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA).

Pelo programa, a Emater-MG oferece aos produtores assistência técnica que aborda desde o sistema de produção até a relação de trabalho. São 103 itens verificados, que garantem uma produção de qualidade, rentável e com sustentabilidade. Atualmente, Minas Gerais conta com 1.230 propriedades certificadas pelo programa e outras 600 em processo de certificação. CEO da Atlantica Coffee, Rogério Schiavo, destacou a honra em poder participar anualmente dessa premiação.

“Para nós é um orgulho muito grande poder apoiar desse evento, que premia a parte mais importante desse processo de produção do café, que são os produtores, os cafeicultores. O Brasil está começando a desfrutar desse novo modelo de cafés especiais, que já é uma realidade mundo afora. Somos uma empresa parceira do produtor do café”, resumiu.  A empresa é  patrocinadora oficial do evento.

 

Vencedores

Categoria Natural

Sul de Minas

Flávio Roberto Carvalho Ferraz – Dom Viçoso – Vencedor

Samanta Maria Faleiros Correa – Cássia – 2º Lugar

Antônio Rogério de Paula – Oliveira – 3º lugar

 

Categoria Cereja Descascado/Desmucilado ou Despolpado

Sul de Minas

João Onofre da Silva – São Pedro da União – Vencedor

Letícia Maria Ribeiro de Carvalho – Dom Viçoso  – 2º Lugar

Gláucio Carneiro Pinto – Carmo de Minas – 3º lugar

Fonte: Agência Minas

 

Sobre Redação

Veja Também

Iepha-MG promove campanha nas redes sociais de preservação do patrimônio cultural

Com o objetivo de orientar os foliões sobre a importância de curtir o Carnaval sem ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *