segunda-feira , 18 dezembro 2017
Home / Regional / Emater-MG comemora 69 anos e o Dia da Extensão Rural

Emater-MG comemora 69 anos e o Dia da Extensão Rural

A Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG), a primeira do setor fundada no país, comemorou nesta quarta-feira (06/12) os seus 69 anos. A data também foi consagrada como o Dia Nacional da Extensão Rural. Para marcar os novos tempos, a Empresa lança ainda uma nova marca e homenageia, como já é tradicional, personalidades e entidades que têm se destacado nas ações em benefício do setor agropecuário mineiro. A solenidade será no auditório da Unidade Central da Empresa, em Belo Horizonte, às 9h30, na av. Raja Gabaglia, 1.626, bairro Gutierrez.

Tradicionalmente, nesta data, a Emater-MG também presta homenagens aos próprios funcionários por tempo de serviço. Neste ano, serão contemplados extensionistas com 10, 20, 25, 35 e 40 anos dedicados ao trabalho extensionista. A homenagem é um reconhecimento pela atuação dos servidores, para empreender políticas públicas e transformar a realidade dos produtores rurais e do público urbano atendidos pela empresa. Os agraciados recebem medalha e certificado.

 

Dados e projetos

Atuando de forma integrada à Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), a qual é vinculada, a Emater-MG está presente em 796 escritórios dos 853 municípios do Estado, o que corresponde 90% deles. Em 2016, a Empresa realizou 875 mil atendimentos com repetição e, considerando o período de janeiro a novembro deste ano, já são mais de 1,1 milhão de atendimentos, com repetição. Ampliação alcançada em função do aprimoramento da gestão e sistemas informatizados, desenvolvidos pelo setor de Tecnologia da Informação da Emater-MG.

Para realizar seu trabalho, a Empresa conta com um corpo funcional de 1.893 servidores, sendo 968 deles no campo, junto ao produtor rural. Atuação que beneficia mais de 400 mil agricultores por ano. O trabalho da Emater-MG está estruturado em oito agendas estratégicas, pautadas pelas principais cadeias de valor do Estado e nos desafios para o desenvolvimento sustentável do campo. São elas: agroecologia; comercialização e gestão; cadeia de valor da bovinocultura; cadeia de valor do café; inclusão rural e sucessão na agricultura familiar; produção de frutas, olericultura e pequenos animais; e segurança hídrica e sustentabilidade ambiental.

 

Destaques

Juntamente com a Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SEAPA) e o Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), a Emater-MG realiza o Certifica Minas Café, maior programa de certificação de propriedades cafeeiras do mundo. Ao todo, já são 1.300 propriedades certificadas. Ainda dentro do programa, é realizado o Concurso de Qualidade dos Cafés de Minas Gerais, o maior do Brasil. Outra ação da Empresa junto aos agricultores e produtores é a valorização do crédito rural, que só este ano alcançou a cifra de R$ 900 milhões em projetos do Pronaf Investimento, executados pela Emater-MG. Tem ainda os trabalhos realizados no Programa Queijo Minas Artesanal que, junto com o IMA e Epamig, orienta os produtores de queijo em boas práticas agropecuárias e de fabricação, sem deixar de lado a comercialização e o reconhecimento do produto na gastronomia mineira e do país. Neste contexto, vale ressaltar a realização do Concurso do Queijo Minas Artesanal que, neste ano de 2017, teve a sua 10ª edição, promovida durante o Festival de Gastronomia de Tiradentes, em agosto.

 

Sobre Redação

Veja Também

Comissão homenageia produtor de Três Pontas de vinho premiado

Numa conversa entre degustadores de vinho em Poços de Caldas (Sul de Minas), um produtor ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *